Scroll Top

Saúde Variedades

Coma estas 6 sementes todos os dias: elas ajudam a controlar o diabetes

Coma estas 6 sementes para controlar o diabetes

Estas seis sementes são ótimas para o controle do diabetes, porque ajudam na redução de glicose no sangue.

Elas são ricas em vitaminas, minerais e antioxidantes. Altamente nutritivas, as sementes são cheias de fibras e contêm gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas. 

São indispensáveis para uma alimentação realmente saudável, pois equilibram e regulam as funções do organismo.   Tanto, que elas podem não apenas ajudar a reduzir o colesterol e a pressão sanguínea, por exemplo, mas também o diabetes. 

Para quem ainda não sabe, diabetes é uma doença crônica em que ocorre uma disfunção na ação do hormônio insulina, que é produzido no pâncreas, afetando o modo como a glicose é processada pelo organismo. 

O pâncreas continua tentando fazer as células absorverem glicose, secretando mais e mais insulina. O açúcar, por sua vez, eventualmente começa a se acumular no sangue.

Mas estas seis sementes podem ajudar a controlar essa condição:

Semente de abóbora

Rica em magnésio, um mineral importantíssimo para o bom funcionamento do corpo, a semente de abóbora tem ingredientes que reduzem a glicose no sangue, controlando os níveis de enzimas produzidas durante o diabetes.

Além de auxiliar na prevenção e controle do diabetes, a semente de abóbora é boa para ajudar a tratar dores de cabeça, nervosismo, depressão, ansiedade, insônia, hipertensão arterial, reduz a inflamação e melhora a função intestinal.

Semente de chia

O consumo de sementes de chia reduz fatores de risco para doenças cardíacas e, assim, ajuda a prevenir complicações relacionadas ao coração em pessoas com diabetes.

E mais: deixa mais lenta a absorção de açúcar no sangue.

Semente de linhaça

A semente de linhaça é antioxidante, rica em ácidos graxos n-3 e ômega-3, que ajuda no tratamento de pré-diabetes.

Semente de cominho

A semente de cominho mantém a glicose no sangue sob controle, protegendo as células beta do pâncreas do estresse oxidativo.

Ajuda ainda a aumentar a produção de insulina no corpo.

Semente de feno-grego

 A semente de feno-frego diminui a taxa de absorção de açúcar no sangue através da produção de galactomanano, que é uma fibra solúvel natural.

Semente de girassol

A semente de girassol é benéfica a quem tem diabetes porque é rica em vitamina E, que age como um poderoso antioxidante, evitando o envelhecimento precoce.

Ela também é excelente fonte de magnésio, mineral precioso que ajuda a energizar o corpo, levando a uma maior disposição física e mental.

Como fazer o chá de folhas de figo para combater Diabetes, Triglicerídeos e Úlcera

O consumo do chá de folhas de figo é benéfico, como já descrito acima, porém, deve ser aliado a uma alimentação saudável e balanceada.

Ingredientes:

  • 2 colheres (sopa) de folhas de figo
  • 2 xícaras de água

Modo de preparo:

  • Coloque a água em uma panela (ou leiteira) e leve ao fogo até levantar fervura.
  • Quando começar  a ferver abaixe o fogo, adicione as folhas de figo e ferva por cinco minutos.
  • Espere esfriar, coe e tome em seguida sem adoçar.
  • Consuma duas xícaras por dia, de duas a três vezes por semana.

Contraindicações

O chá de folhas de figo, para ser seguro, precisa ser consumido de forma moderada e por curto período de tempo. Caso esteja com algum procedimento cirúrgico marcado, não consuma essa infusão, pois pode aumentar o risco de sangramento.  Gestantes e lactantes devem consultar um médico antes de consumir o chá.

Veja também: Como Clarear e Remover suas Manchas, Rugas e Melasmas

O suco de batata yacon é ótimo para diabéticos e também para quem busca um emagrecimento saudável. A receita é muito fácil.

INGREDIENTES

  • – 1 copo de água pura
  • – 4 dedos ou 5 a 6cm de batata yacon (orgânica de preferência) fatiada.

MODO DE FAZER

  • Bata os ingredientes no liquidificador.
  • Coe e beba na hora.
  • O ideal é tomar o suco em jejum.

A segunda receita

Esta receita também é muito boa. Ela limpa e renova totalmente o sangue. Ela controla o colesterol, o diabetes e o ácido úrico. Não há mistério.

Todos os dias, em jejum, 15-20 minutos antes do café da manhã, você vai bater 100 gramas de casca de abóbora com água natural (não pode ser gelada).

A abóbora mais recomendada é a da variedade conhecida como “pescoço”. Se não encontrá-la, pode usar outra. Só não faça com a “moranga”.

  • A quantidade de água deve ser apenas o suficiente para o liquidificador funcionar.
  • Bata bem até se transformar numa vitamina de casca de abóbora.
  • Não coe e beba imediatamente.
  • Faça isso por 30 dias.
  • Se fizer tudo certinho, o resultado será impressionante.
  • Faça exames depois do tratamento para comparar suas taxas com os valores anteriores e, assim, atestar sua eficácia.
  • Repita o tratamento sempre que fizer exames laboratoriais e alguma anormalidade for apontada.
  • Ah, a abóbora usada na receita não pode ir para a geladeira, porque o frio altera as substâncias contidas na casca, o que é prejudicial para o tratamento.

Por isso programe-se, durante o período do tratamento, para ir à feira a cada dois ou três dias para comprar abóbora em pedaços e que não foi refrigerada.

SIGA O NOSSO INSTAGRAM ➜ https://www.instagram.com/_receitasnaturais

Chá caseiro para diabetes: aprenda fazer a melhor bebida natural para baixar a glicose em casa

Alguns chás são realmente muito indicados para reduzir os níveis de açúcar no sangue. Todavia, é importante lembrar que essas bebidas por si só não fazem milagres. Portanto, uma dieta equilibrada juntamente com a prática de atividades físicas, são essenciais para a qualidade de vida do portador da doença.

Chá de canela

A canela possui componentes que protegem as células do pâncreas e melhoram a função da insulina. Dessa forma, ajuda a reduzir a quantidade de açúcar no sangue, diminuindo picos glicêmicos.

Como fazer o chá de canela

Para fazer essa bebida, você irá utilizar apenas:

  • 1 pau de canela ou 1 colher de chá de canela em pó;
  • 250 ml de água.

Então, ferva a água com a canela por 10 minutos. Em seguida, desligue o forno e aguarde amornar. Por fim, o seu chazinho está pronto para ser servido.

Camomila

Além de ser um calmante natural, a camomila também pode ser um ótimo auxílio para os portadores da diabetes tipo 2, pois ele reduz a concentração de enzimas que levam à complicações da doença. Portanto, inserir esse chá na dieta, pode evitar os possíveis problemas secundários, como cegueira e lesões nos nervos e nos rins.

Como fazer o chá de camomila

Apenas 1 colher de sopa de camomila e 200 ml de água são necessários para fazer esse chazinho. Desse modo, ferva água e adicione a camomila. Logo após, desligue o fogo e deixe em infusão por 15 minutos. Por último, coe e beba.

Chá Mate

Indivíduos portadores da diabetes, são resistentes à insulina. Portanto, o chá mate atua reduzindo essa resistência, além de diminuir as complicações acarretadas pela doença.

Como fazer o chá mate

Separe 3 colheres de chá de erva mate e 500 ml de água. Então, ferva a água e acrescente as ervas. Assim, deixe a água amornar e coe. Finalmente, beba o chá ao longo do dia.

Chá verde

Esse chá  retarda a conversão de carbonatos em glicose após a ingestão de algum alimento. Desse modo, essa bebida atua reduzindo os picos de glicemia no sangue. Então, o melhor horário para tomá- lo é logo após as principais refeições.

Como fazer o chá verde

Primeiramente, adicione 1 colher de sobremesa de folhas de chá verde em uma xícara com 200 ml de água fervente. Logo depois, deixe em infusão por 10 minutos. Por fim, coe e beba morno ou frio.

ENTRE NO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM AQUI

5 alimentos que ajudam a controlar a diabetes

Se você tem diabetes, você sabe que há uma longa lista de alimentos que você deve ficar longe ou seja, aqueles ricos em açúcar, sódio e gordura saturada. Mas há também uma grande quantidade de alimentos que você deve adicionar à sua dieta para ajudar a manter os seus níveis de açúcar no sangue sob controle. A diabetes é uma doença que está relacionada com os hábitos alimentares das pessoas.

A diabetes ocorre quando há aumento da glicose no sangue que é produzida a partir dos alimentos digeridos no intestino, que se transformam em açúcar. No sangue, a glicose é utilizada pelos tecidos como energia e sua utilização depende da presença de insulina, que é uma substância produzida nas células presentes no pâncreas. Para evitar o descontrole da diabetes, os portadores precisam fazer uma reeducação alimentar. Então, descubra quais são os 10 alimentos que ajudam a controlar a diabetes.

1. Aveia:
Aveia contém beta-glucana, que é uma fibra solúvel saudável para o coração que retarda a digestão. Isso impede grandes picos nos níveis de açúcar no sangue. além disso, a beta-glucana na aveia também mostrou-se ser eficaz na melhoria da sensibilidade à insulina, de acordo com um estudo publicado em 2013 na revista Food and Nutrition Research. e lembre-se de comer cerca de quatro colheres de sopa de aveia ao dia.

2. Salmão:

O Salmão é uma rica fonte de nutrientes essenciais, incluindo a Proteína, Niacina e a vitamina D. O Salmão também é uma boa fonte de ômega-3 ácidos graxos, que podem ajudar a reduzir a inflamação associada à resistência à insulina. Além disso, um estudo publicado em 2013 na revista Food and Nutrition Research mostrou que o ômega-3 também pode ajudar a proteger a saúde do coração, o que é especialmente importante para as pessoas com diabetes por causa de seu riscos de doenças cardíaca.

3. Amêndoas:

As amêndoas são ricos em vitamina B, vitamina E, fibra, Ferro, Proteínas, Magnésio e Zinco e pobre em carboidratos, pois eles provocam o aumento dos níveis de açúcar no sangue. Além disso, as amêndoas são uma excelente fonte de gorduras insaturadas, que podem ajudar a diminuir o colesterol LDL(ruim) e aumentar o colesterol HDL(bom).

Estudos Realizado pela revista Diabetes Care Science, com mais de 500 mil pessoas concluiu que o consumo de Magnésio ajuda a reduzir o risco de diabetes tipo 2. A orientação é consumir até cerca de quatro unidades de amêndoas no dia.

4. Laranja:

A Laranja é uma excelente fonte de pectina, uma fibra solúvel que ajuda a reduzir os níveis de colesterol LDL. Embora, as laranjas sejam doces, na verdade, elas tem um baixo índice glicêmico (IG), de acordo com a American Diabetes Association (ADA).

5. Feijões:

Os Feijões são ricos em fibra solúvel e ainda é uma fonte barata de proteína com baixo (IG) índice glicêmico, tornando-os ideais para prevenir grandes oscilações nos níveis de açúcar no sangue. além disso, os alimentos ricos em fibra solúvel é benéfico no retardamento do aumento dos níveis de glicose no sangue, porque leva mais tempo para o seu sistema quebrar os alimentos fibrosos.

Conhece o canal do RECEITAS NATURAIS no Youtube? Lá temos vídeos de alguns artigos publicados no site, todos originais feitos exclusivamente para você.

Leia também: Como Clarear e Remover suas Manchas, Rugas e Melasmas

E aí, você gostou de conhecer Coma estas 6 sementes para controlar o diabetes? Temos certeza que sim, por isso, corra agora mesmo e compartilhe este artigo com seus amigos e familiares. Até o próximo artigo.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.