Scroll Top

Saúde

Esta receita é indicada para desintoxicar os rins: tratar infecção urinária, pedras nos rins e problemas no útero e ovários

Receita para desintoxicar os rins: tratar infecção urinária

O chá de salsa impede a absorção de sal no tecido e, por isso, é um grande protetor dos rins e do fígado, deixando-os praticamente limpos, também podem ser utilizados para acalmar os intestinos, melhorar a digestão e eliminar gases.

Este chá deve ser bebido em caso de uma infecção da bexiga e de pedras nos rins. Ele é utilizado na prevenção e tratamento de câncer do cólon em homens e mulheres, bem como de tumor cervical em mulheres.

Como fazer o chá de salsa

  • Ferva um litro de água.
  • No fim do cozimento, adicione duas colheres (sopa) de salsa fresca ou seca.
  • Feche a panela salsa deve e espere 10 minutos.
  • Depois, adicione algumas gotas de limão.
  • Beba duas xícaras por dia.

Em caso de infecção urinária, pedras nos rins e problemas no útero e ovários, você deve beber três vezes por dia.

O chá de salsa causa aumento da micção. Por isso não é recomendado antes de dormir, já que pode prejudicar o sono.

As mulheres grávidas não devem beber este chá devido a possíveis alterações hormonais. O chá de salsa também pode ser usado para acalmar os nervos e reduzir a ansiedade.

Muitas vezes, o cisto no ovário passa despercebido. Mas, quando os sintomas aparecem, geralmente causam dor e/ou atraso menstrual, e isso normalmente ocorre nestas condições:

  • – Aumentar o tamanho do cisto
  • – Sangrar
  • – Romper-se
  • – Sofrer uma colisão durante a relação sexual
  • – For torcido ou provocar a torção das trompas de Falópio.

Aprenda algumas formas de tratamento:

1. Chás

O tratamento pode ser feito com ervas medicinais durante seis semanas. As principais ervas são dente-de-leão, uxi-amarelo, unha-de-gato e cardo-de-leite.

Tome o chá de uma ou mais dessas plantas diariamente para se curar

2. Beterraba, cenoura e alho

INGREDIENTES

  • Metade de 1 beterraba fresca
  • 1 colher (chá) de mel
  • 1 dente de alho  fresco
  • 1 cenoura fresca
  • Água o suficiente para bater no liquidificador

MODO DE PREPARO

Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba o suco uma vez por dia, diariamente, descansando uma vez por semana.

3. Limão e babosa

INGREDIENTES

  • 1 colher (chá) de mel
  • O suco de 1 limão espremido na hora
  • 1 colher (sopa) de pólen
  • 1 copo de água
  • 2 colheres (sopa) do gel de babosa

MODO DE PREPARO

Misture todos os ingredientes e beba ainda em jejum.

4. Aipo e melão

  • 1 xícara de melão picado
  • 2 talos de aipo picados

MODO DE PREPARO

  • Bata os ingredientes no liquidificador.
  • Comece com o melão e, depois, adicione o aipo.
  • Se for preciso, para facilitar a mistura, acrescente um pouco de água.
  • Tome imediatamente

Importante: o aipo não pode ser consumido por mulheres grávidas.

SIGA O NOSSO INSTAGRAM ➜ https://www.instagram.com/_receitasnaturais/

Beterraba e melaço: um remédio tradicional para cistos ovarianos

Ingredientes

  • 7 beterrabas médias
  • 2 copos de melaço (480 g)

O que devemos fazer?

Para preparar este remédio para cistos ovarianos, vamos seguir os seguintes passos

  • Lave bem as beterrabas e descasque-as.
  • Bata no liquidificador para extrair o suco, e coar sua fibra.
  • Se desejar, podemos adicionar 3 ou 4 folhas de beterraba.
  • Misture o suco com o melaço, e guarde em uma jarra.
  • Agite bem antes do consumo.
  • Mantenha na geladeira.

Como nós o consumimos?

Vamos consumir um copo pequeno (100 ml) deste remédio de cada vez, da seguinte maneira:

  • Em jejum, pelo menos, meia hora antes do café da manhã.
  • Meia hora antes do almoço.
  • Meia hora antes do jantar.

Chá verde para cisto no ovário

o consumo de chá verde pode ajudar a melhorar os níveis de hormônios femininos, reduzir a resistência a insulina e ajudar a perder peso, podendo ser muito útil principalmente para a síndrome dos ovários policísticos.

O chá verde pode ser utilizado na forma de chás, infusões ou extrato natural, e deve ser utilizado com orientação do ginecologista pois o uso em excesso pode prejudicar o fígado.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de folhas de chá verde ou 1 sachê de chá verde;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas ou o sachê de chá verde na xícara com água fervente e deixar repousar por 10 minutos. Coar ou retirar o sachê e beber em seguida. Este chá pode ser consumido de 3 a 4 vezes ao dia, ou conforme orientação médica.

O chá verde não deve ser consumido por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, ou que têm insônia, hipertireoidismo, gastrite ou hipertensão arterial. Além disso, por conter cafeína na sua composição, deve-se evitar tomar este chá no fim do dia ou em quantidade superior à recomendada pois pode causar efeitos colaterais como insônia, irritação, sensação de queimação no estômago, cansaço ou palpitação no coração.

ENTRE NO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM AQUI

Chá de Gengibre para limpar o útero

O gengibre é um excelente desintoxicante de todo o organismo e, por isso, também consegue atuar sobre o útero, reduzindo possíveis inflamações que possam existir e melhorando a circulação sanguínea no local.

Este chá pode, por isso, ser uma boa opção para mulheres que sofrem com dores menstruais muito intensas ou que têm pequenos focos de endometriose, por exemplo.

Ingredientes

  • 1 a 2 cm de raiz de gengibre;
  • 250 ml de água.

Modo de preparo

Colocar os ingredientes para ferver numa panela por 10 minutos. Depois, coar, deixar esfriar e beber 2 a 3 vezes por dia.

Embora sejam naturais, estes chás devem ser sempre utilizados com orientação de um obstetra ou um fitoterapeuta e devem ser evitados durante a gravidez, já que alguns podem estimular o surgimento de contrações, que acabam prejudicando a gestação que já existe.

Leia também: Como Clarear e Remover suas Manchas, Rugas e Melasmas

Conhece o canal do RECEITAS NATURAIS no Youtube? Lá temos vídeos de alguns artigos publicados no site, todos originais feitos exclusivamente para você.

E aí, você gostou de conhecer Esta receita é indicada para desintoxicar os rins: tratar infecção urinária, pedras nos rins e problemas no útero e ovários? Temos certeza que sim, por isso, corra agora mesmo e compartilhe este artigo com seus amigos e familiares. Até o próximo artigo.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.