Scroll Top

Saúde Variedades

tenossinovite; é assim que se trata e se cura!

tenossinovite; é assim que se trata e se cura!

A tenossinovite é a inflamação de um tendão e do tecido que recobre um grupo de tendões, chamada bainha tendinosa, o que gera sintomas como dor local e sensação de fraqueza muscular na área afetada. Alguns dos tipos de tenossinovite mais comuns incluem a tendinite de De Quervain e a síndrome do túnel do carpo, ambas no punho.

Geralmente, a tenossinovite é mais frequente após uma lesão junto do tendão e, por isso, é uma lesão relativamente comum em atletas ou pessoas que fazem muitos movimentos repetitivos, como carpinteiros ou dentistas, por exemplo, mas também pode acontecer por infecções ou por complicação de outras doenças degenerativas, como a diabetes, a artrite reumatoide ou gota.

Dependendo da causa, a tenossinovite tem cura e, quase sempre, é possível aliviar os sintomas com o tratamento adequado, que pode incluir remédios anti-inflamatórios ou corticoides, por exemplo, sempre orientados por um ortopedista.

Principais sintomas

Os sintomas mais comuns de uma tenossinovite podem incluir:

  • Dificuldade para movimentar uma articulação;
  • Dor em um tendão;
  • Vermelhidão na pele sobre o tendão afetado;
  • Falta de força muscular.

Estes sintomas podem ir surgindo lentamente ao longo do tempo e, normalmente surgem em locais nos quais os tendões estão mais susceptíveis a lesões como mãos, pés ou pulsos. No entanto, a tenossinovite pode se desenvolver em qualquer tendão do corpo, incluindo os tendões da região do ombro, do joelho ou do cotovelo, por exemplo.

Como confirmar o diagnóstico

Na maioria dos casos, a tenossinovite pode ser diagnosticada pelo ortopedista apenas com a avaliação do sintomas apresentados, no entanto, o médico também pode pedir outros exames como ultrassom ou ressonância magnética, por exemplo.

O que pode causar a tenossinovite

A tenossinovite é muito mais frequente em atletas ou profissionais de áreas em que é necessário fazer vários movimentos repetitivos como carpinteiros, dentistas, músicos ou secretárias, por exemplo, pois existe um maior risco de desenvolver uma lesão no tendão.

Porém, a tenossinovite também pode surgir quando se tem algum tipo de infecção no corpo ou como complicação de outras doenças degenerativas como artrite reumatoide, esclerodermia, gota, diabetes ou artrite reativa.

O causa nem sempre é determinada em todos os casos, no entanto, o médico pode recomendar o tratamento para aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida da pessoa.

Como é feito o tratamento

O tratamento para tenossinovite deve ser sempre orientado por um ortopedista ou fisioterapeuta, mas normalmente tem por objetivo reduzir a inflamação e a dor. Para isso, é aconselhado manter o local afetado em repouso sempre que possível, evitando as atividades que possam ter causado a lesão inicial.

Além disso, o médico pode ainda receitar o uso de anti-inflamatórios, como Diclofenaco ou Ibuprofeno, para reduzir o inchaço e a dor. No entanto, outras estratégias mais naturais, como massagem, alongamentos e uso de ultrassom também podem melhorar a inflamação do tendão.

Nos casos mais graves, em que os sintomas não melhoram com qualquer uma destas estratégias, o ortopedista pode ainda aconselhar injeções de corticoides diretamente junto do tendão afetado e, em último caso, cirurgia.

Quando é necessário fisioterapia

A fisioterapia está indicada para todos os casos de tenossinovite, mesmo depois que os sintomas tenham melhorado, pois ajuda a alongar os tendões e fortalecer os músculos, garantindo que o problema não volta a surgir.

INFLAMAÇÃO NOS TENDÕES: O QUE DIFERENCIA TENDINITE E TENOSSINOVITE?

Os movimentos de dobra dos dedos e os movimentos responsáveis pelo esticamento dos dedos e dos punhos, por exemplo, somente são possíveis pela presença dos tendões extensores e flexores. Sendo assim, são fundamentais para o funcionamento das mãos. 

Basicamente, a diferença entre tendinite e tenossinovite está na região afetada: no primeiro caso a inflamação acomete apenas o tendão, enquanto na tenossinovite a tendinite é acompanhada por inflamação da cobertura que protege o tendão (bainha do tendão).

Além disso, existem outras características que diferenciam as duas condições. Saber identificar os sintomas, as causas e fatores de risco é importante não apenas para preveni-las, mas também no que diz respeito ao diagnóstico e ao tratamento de ambas. 

Tendinite

A tendinite na mão é um processo inflamatório que acomete os tendões localizados na parte dorsal ou ventral da mão. As causas para o desenvolvimento da inflamação incluem uso excessivo de tablets, celulares e computadores e movimentos repetidos. 

Os sintomas mais comuns são inchaço, formigamento, dormência e dores nas mãos. A sobrecarga dos tendões que resulta na tendinite é um problema bastante comum e que pode prejudicar a qualidade de vida e a realização de tarefas básicas do dia a dia. 

Tenossinovite

Já a tenossinovite é inflamação da bainha tendinosa, também conhecida como bainha tendínea ou, simplesmente, bainha do tendão. A bainha do tendão é um tecido que cobre os tendões e facilita o movimento e a conexão dessas estruturas com os músculos e ossos. 

As causas incluem lesões anteriores causadas por traumas e quedas e movimentos repetitivos. Os atletas têm uma predisposição maior. Os sintomas incluem dor, fraqueza/falta de força muscular na região, dificuldade para movimentar a articulação. 

COMO TRATAR TENDINITE E TENOSSINOVITE?

Agora que você já sabe a diferença entre tendinite e tenossinovite, vamos falar sobre as opções de tratamento para as duas condições. Primeiramente, saiba que tanto a tendinite quanto a tenossinovite devem ser tratadas por um ortopedista especialista em mão. 

Em ambos os casos, o médico pode indicar o uso de antiinflamatórios e analgésicos para acabar com a inflamação e aliviar os sintomas. A imobilização da mão através do uso de talas e tipóias, por exemplo, pode ser necessária para ajudar na recuperação. 

No caso da tenossinovite de Quervain, que afeta os tendões do lado do polegar no punho, a cirurgia de liberação do retináculo dos extensores, estrutura que recobre o tendão, pode ser indicada para liberar espaço e possibilitar o deslizamento sem pressão e atrito. 

Por fim, Veja também: Como fazer limpa piso milagroso: mistura caseira para deixar sua casa brilhando

Conhece o canal do RECEITAS NATURAIS no Youtube? Lá temos vídeos de alguns artigos publicados no site, todos originais feitos exclusivamente para você.

SIGA O NOSSO INSTAGRAM ➜ https://www.instagram.com/_receitasnaturais/

E aí, você gostou de conhecer esta Se você consumir este tenossinovite; é assim que se trata e se cura!! Temos certeza que sim, por isso, corra agora mesmo e compartilhe este artigo com seus amigos e familiares. Até o próximo artigo.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.