Scroll Top

Saúde

ESTES SÃO OS 7 SINAIS PERIGOSOS DE PRESSÃO ALTA QUE VOCÊ NÃO DEVE IGNORAR

 

 

PRESSÃO ALTA

 

O assunto que vamos abordar neste post é muito importe: pressão arterial elevada. Este problema de saúde está associado ao consumo de alimentos industrializados. Por isso é tão fácil encontrar cada vez mais pessoas sofrendo deste mal. Estresse e excesso de esforço físico também são fatores que provocam hipertensão.

Infelizmente,  muitas vezes não é fácil identificar quando alguém que está com pressão alta. É que o problema frequentemente se manifesta de forma muito discreta.

Sendo assim, os cuidado devem ser dobrados. O distúrbio surge quando há forte pressão exercida no sangue contra as paredes arteriais.

  • Exames médicos podem detectar a hipertensão, mas é sempre bom ter um aparelho em casa que verifique se está tudo em ordem.
  • Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), os valores superiores a 140×90 indicam hipertensão. Pessoas acima dos 50 anos devem tomar cuidado redobrado, pois a hipertensão pode causar derrame e ataque cardíaco.
  • Como já dissemos, o problema surge de forma bem silenciosa, mas um pouco de sensibilidade para identificar os sintomas pode mudar tudo.

ESTES SÃO OS 7 SINAIS PERIGOSOS DE PRESSÃO ALTA QUE VOCÊ NÃO DEVE IGNORAR

  • – Dormência
  • – Dor na cabeça
  • – Tonturas
  • – Dificuldades para respirar
  • – Problemas na vista
  • – Palpitações
  • – Hemorragia nasal

Se sentir alguns desses sintomas, procure ajuda médica e verifique a pressão imediatamente.

Quanto à alimentação natural, aposte nos alimentos ricos em ômega 3 e potássio.

Além desses, amplie o consumo de nozes, grãos, peixes, limão, melancia e legumes frescos, especialmente alho, cebola e aipo/salsão.

Por falar em aipo/salsão, aqui está uma ótima receita para ajudar a controlar a pressão:

INGREDIENTES

  • 1 talo de aipo
  • 1 litro de água

MODO DE PREPARO

  • Corte o talo em vários pedaços e leve para ferver em 1 litro de água.
  • Espere esfriar e consuma ao longo do dia.

SIGA O NOSSO INSTAGRAM ➜ https://www.instagram.com/_receitasnaturais/

O que acontece muitas vezes é que a pressão arterial elevada aumenta a resistência ao fluxo sanguíneo nos vasos. Isso força o coração a trabalhar mais. Existe uma tabela que mostra qual deve ser a pressão arterial de acordo com a idade.

Nas mulheres

Até os 30 anos – 12/7

30-40 anos – 12/8

40-50 anos – 13/8

50-60 anos – 14/8

Mais de 70 anos – 15/8

Nos homens

20 anos – 12/7

Até os 30 anos – 12/7

30-40 anos – 12/8

40-50 anos – 13/8

50-60 anos – 14/8

Mais de 70 anos – 15/8

Essa tabela, porém, é apenas um indicativo.

O ideal é você sempre monitorar a sua pressão em consultas periódicas com o seu médico.

ENTRE NO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM AQUI

6 Remédios caseiros para pressão alta

Um bom remédio caseiro para ajudar a controlar a pressão arterial alta é tomar um suco de limão com água de coco ou consumir cápsulas de alho diariamente, já que esses alimentos apresentam propriedades que ajudam a controlar a pressão.

Para que os remédios caseiros possuam efeito hipotensor, é importante que sejam incorporados na alimentação do dia a dia. No caso das plantas medicinais, podem ser utilizadas na forma de chá ou como suplemento, como é o caso do alho, da valeriana e das folhas de oliveira, por exemplo.

Embora os remédios caseiros sejam úteis para complementar o tratamento indicado pelo médico para pressão alta, não devem ser tomados sem conhecimento do cardiologista, já que não substituem o tratamento indicado pelo médico e podem interagir com a medicação para hipertensão.

1. Água de alho

A água de alho é uma excelente forma de regular a pressão arterial pois estimula a produção de óxido nítrico, que é um gás com forte ação vasodilatadora, que facilita a circulação do sangue e diminui a pressão sobre o coração.

Além disso, o alho é ainda um ótimo aliado para manter a saúde cardiovascular de qualquer pessoa, pois tem incríveis propriedades antioxidantes e protetoras dos vasos sanguíneos que evitam o surgimento de problemas como a aterosclerose.

Uma boa forma de consumir o alho é usando a água aromatizada ao longo do dia.

Ingredientes

  • 1 dente de alho cru, descascado e amassado;
  • 100 ml de água.

Modo de preparo

Coloque o dente de alho no copo de água e deixe repousar por 6 a 8 horas (enquanto dorme, por exemplo) e tome esta água em jejum, na manhã seguinte, ou prepare um litro de água com alho e vá bebendo ao longo do dia.

Além desta água, o alho pode também ser ingerido ao longo do dia com a comida, por exemplo, sendo de mais fácil ingestão do que na água. Uma boa dica é adicionar alguns dentes de alho no vidro do azeite. Assim, sempre que utilizar o azeite, além de uma gordura boa também se estará utilizando as propriedades do alho.

2. Suco de limão

Um bom remédio caseiro para controlar a pressão arterial é tomar o suco de limão com água de coco, já que possui propriedades diuréticas que podem ajudar a regular a pressão arterial.

Ingredientes

  • 3 limões;
  • 200 ml de água de coco.

Modo de preparo

Misturar muito bem os ingredientes e beber em seguida. Tomar 1 vez ao dia.

3. Chá de alpiste 

Um bom remédio caseiro para a pressão alta é comer, preparar a água de alpiste ou fazer uma infusão, já que é um alimento rico em antioxidantes e outros componentes que possuem propriedades vasodilatadoras, ajudando a diminuir a pressão arterial.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de sementes de alpiste;
  • 1 pau de canela;
  • 500 ml de água. 

Modo de preparo

Colocar os ingredientes em uma panela e deixar ferver durante 5 minutos. Tapar a panela e deixar repousar por cerca de 10 minutos aproximadamente. Em seguida, coar e beber 2 a 3 xícaras do chá por dia.

4. Chá de folhas de oliveira

As folhas de oliveira são um dos melhores remédios naturais para a pressão alta pois através da ação dos seus polifenóis conseguem regular a pressão arterial e baixá-la, sem o risco de causar hipotensão, mesmo que consumidas em excesso.

Além disso, também causam um ligeiro efeito calmante e relaxante que ajudam a controlar os sintomas em pessoas que sofrem de ansiedade constante, por exemplo.

Ingredientes

  • 2 colheres (de sopa) de folhas de oliveira picadas;
  • 500 ml de água fervente

Modo de preparo

Coloque as folhas de oliveira em uma xícara com a água fervente e deixe repousar entre 5 a 10 minutos. Depois coe a mistura e deixe amornar. Por fim, beba 3 a 4 xícaras deste chá ao longo do dia.

Além do chá, também existe o extrato de folhas de oliveira à venda em lojas de produtos naturais sob a forma de cápsulas, que podem ser consumidas na dose de 500 mg, 2 vezes ao dia após as refeições.

5. Suco de mirtilo

Além de ser uma excelente fonte de antioxidantes, que combate doenças como o câncer e evita o envelhecimento precoce, o mirtilo também ajuda a diminuir a pressão arterial, especialmente quando consumido diariamente.

Além disso, sua ação parece ser mais notória em pessoas com alto risco cardiovascular, como obesos ou pessoas com síndrome metabólica. Assim, pode ser usado como complemento do tratamento indicado pelo médico.

Ingredientes

  • 1 xícara de mirtilos frescos;
  • ½ copo de água;
  • Suco de ½ limão.

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea. Este suco deve ser consumido 1 a 2 vezes por dia. 

6. Chá de hibisco

O hibisco é uma planta que tem sido popularmente utilizada para ajudar no processo de emagrecimento. No entanto, esta planta tem outros efeitos importantes, como a redução da pressão arterial. Isso acontece devido à sua composição rica em antocianinas, que são flavonoides que ajudam na regulação da pressão arterial.

No entanto, para se obter o melhor resultado devem-se utilizar os cálices das flores com cores mais escuras. Os cálices são as estruturas que ligam o caule da flor à pétalas. Quanto mais escuras forem as flores de hibisco, maior a quantidade de antocianinas e maior seu efeito contra o aumento da pressão arterial.

Ingredientes

  • 1 a 2 gramas de cálices de hibisco;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Coloque os cálices de hibisco no interior da xícara e deixe repousar entre 5 a 10 minutos. Depois, coe e beba a mistura 1 a 2 vezes por dia, mantendo pelo menos 8 horas de intervalo entre cada xícara.

Embora ainda não existem estudos que comprovem, é possível que o hibisco seja tóxico acima de doses diária de 6 gramas. Assim, é aconselhado que não se aumente a dose indicada.

O chá de hibisco pode ter um sabor bastante amargo, por isso, caso seja necessário pode-se adicionar uma pequena colher de stevia ou mel, para adoçar.

Conhece o canal do RECEITAS NATURAIS no Youtube? Lá temos vídeos de alguns artigos publicados no site, todos originais feitos exclusivamente para você.

E aí, você gostou de conhecer ESTES SÃO OS 7 SINAIS PERIGOSOS DE PRESSÃO ALTA QUE VOCÊ NÃO DEVE IGNORAR? Temos certeza que sim, por isso, corra agora mesmo e compartilhe este artigo com seus amigos e familiares. Até o próximo artigo.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.