Home / Saúde / Água quente e limão desintoxica, emagrece, melhora a digestão, normaliza colesterol e triglicérides

Água quente e limão desintoxica, emagrece, melhora a digestão, normaliza colesterol e triglicérides

Dá para acreditar que a simples combinação de água quente com limão desintoxica, emagrece, melhora digestão e normaliza colesterol e triglicérides?

Não acredita?

Pois acredite!

Esta é mais uma receita testada e aprovada do Cura pela Natureza.

E o que faz essa simples receita ser tão benéfica?

Água quente e limão juntos contêm um poderoso antioxidante, a vitamina C, que acelera o metabolismo.

Além disso, essa combinação melhora a digestão, outro ponto muito importante para a desintoxicação e a perda de peso.

E também é diurética e levemente laxante, mais dois fatores muito bem-vindos para quem quer perder peso.

Você vai notar, ao tomar essa bebida, uma melhora na evacuação, com fezes mais macias.

Beber essa mistura também melhora casos de azia e de gases.

Isso porque ela fortalece todo o aparelho digestivo.

O fígado é um dos órgãos mais beneficiados pela mistura, o que faz com que ele produza menos colesterol e triglicérides.

Logo, outro benefício de beber água quente com limão é a normalização das taxas de colesterol e de triglicérides.

Uma das explicações para a melhora das funções do fígado com essa mistura é que ela contém o antioxidante eriocitrim.

Esta substância, encontrada no limão, segundo estudos, desintoxica e regulariza as funções hepáticas.

Tomar água quente com limão também melhora a absorção do cálcio, o que favorece a perda de peso.

E este é outro grande segredo do sucesso desta receita.

Se você ainda não sabe, o cálcio ajuda a emagrecer e regulariza a pressão arterial.

Esse mineral atua dentro das células de gordura.

Quando absorvemos melhor esse nutriente, ocorre um estímulo à lipólise, ou seja, à queima de gordura.

Consumir água quente com limão também fornece uma boa quantidade de Orac.

Não sabe o que é Orac?

Segundo o Wikipédia, “o índice Orac (acrônimo para “‘Oxygen Radical Absorbance Capacity’, ou capacidade de absorção dos radicais oxigenados) é um método de quantificação das capacidades antioxidantes (…)”

Não entendeu?

Vamos descomplicar: Orac é uma medida que criaram para medir a capacidade de antioxidantes dos alimentos.

Quanto mais Orac houver num alimento, maior será sua oferta de antioxidantes.

E a mistura de água quente com limão é riquíssima em Orac.

Como consequência, ela é um potente protetor contra o envelhecimento precoces e contra doenças como câncer e catarata.

E como se faz e se toma essa mistura?

É tudo muito simples.

Encha um copo (200 mL) com água.

Ferva essa água.

Desligue o fogo e espere a água esfriar a uma temperatura suportável para beber.

Quando atingir essa temperatura, esprema um limão inteiro nessa água.

O limão tem que ser fresco, novinho, pois conterá mais enzimas.

Por essa razão a água não pode estar muito quente, pois a temperatura elevada demais destrói as enzimas do limão.

Se conseguir limão orgânico, melhor ainda.

Outro ponto importante: beba de uma forma que haja pouco contato com os dentes, pois o limão pode causar o desgaste do esmalte dentário.

E depois você deve escovar muito bem os dentes.

Melhor horário para fazer: de manhã, em jejum.