fbpx Scroll Top

Saúde

10 sintomas de colesterol alto que jamais pode ignorar

O colesterol é um lipído, um esteroide, presente em todas as células do corpo. Ainda que muitos só o conheçam pelos seus efeitos nocivos para a saúde, na verdade, trata-se de uma substância essencial para o funcionamento ideal do organismo. Sendo que somente o colesterol alto é perigoso.

O fígado é responsável por segregar a maior parte, embora o colesterol também seja absorvido através do consumo de alguns alimentos que o contêm.

É de salientar que o colesterol é necessário para a formação dos ácidos biliares, responsáveis pela digestão das gorduras. Além disso, também intervém na produção de algumas hormonas e na saúde cardiovascular.

O problema é que, ainda que muitos órgãos necessitem do colesterol, a sua acumulação excessiva provoca danos irreparáveis e, de facto, pode tornar-se num potencial assassino – estando na origem de ataques cardíacos e enfartes.

Por isso, é fundamental saber identificar alguns sinais que podem ser determinantes para o seu diagnóstico.

Sinais de colesterol alto

  1. 1- Inflamação e dormência das extremidades

A inflamação e sensação de dormência das extremidades é um dos sintomas iniciais do colesterol alto.

Essa reação ocorre porque os lipídos acumulados impedem a circulação adequada do sangue, diminuindo a transferência do oxigénio e dos nutrientes até aos músculos.

SIGA O NOSSO INSTAGRAM ➜ https://www.instagram.com/_receitasnaturais/

  1. 2- Halitose

O mau hálito, conhecido como halitose, é um sinal muito comum nos pacientes que têm problemas de colesterol.

Já que o colesterol é segregado pelo fígado, a sua acumulação em excesso gera dificuldades para o bom funcionamento do processo digestivo, o que se manifesta através de secura e odores desagradáveis na boca.

  1. 3-Sensação de peso e indigestão

Os desequilíbrios nos níveis do colesterol mau (LDL) e total podem tornar-se num forte desencadeante de episódios contínuos de indigestão e sensação de peso.

O excesso de lipídos no sangue e no fígado afeta o metabolismo. Por sua vez, isso impede um bom processo digestivo. Sobretudo ao ingerir alimentos com muita gordura.

  1. 4-Enjoos e dores de cabeça

À medida que o colesterol se deposita nas artérias, a circulação começa a apresentar dificuldades e a oxigenação celular é interrompida.

Tal manifesta-se por meio de enjoos frequentes, perda de equilíbrio e fortes cefaleias causadas por tensão.

  1. 5-Problemas oculares

O excesso de colesterol leva ao desenvolvimento de problemas na visão que, se não forem tratados a tempo, podem causar danos irreversíveis.

É comum que os pacientes apresentem uma secreção amarelada nos olhos, irritação e visão turva.

  1. 6-Prisão de ventre

A acumulação de lipídos nas artérias afeta as funções digestivas.

Considerando que a mobilidade intestinal diminui, podem ocorrer fortes episódios de prisão de ventre.

  1. 7-Dor no peito

A dor no peito é um sintoma muito fácil de perceber. Ainda assim, quase sempre é um motivo para consultar um médico de imediato.

Ainda que muitas doenças estejam associadas ao seu aparecimento, a maioria dos casos tem a ver com os efeitos do colesterol alto.

A acumulação de gorduras nas artérias dificulta o bombeamento do sangue e, por fim, pode causar hipertensão.

ENTRE NO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM AQUI

  1. 8-Fraqueza e fadiga

A sensação de fraqueza, a fadiga e o desejo de dormir em horários não habituais pode ser causado por:

  • Deficiências nutricionais;
  • Excesso de atividade física;
  • Alguma doença.

O que poucas pessoas sabem é que, quando ocorre de forma contínua, pode ser um sinal do aumento nos níveis de colesterol.

Considerando que, como já indicamos, essa substância intervém na circulação e no processo de oxigenação celular, causa um enfraquecimento físico e mental.

  1. 9-Problemas de pele

A urticária e outros problemas de pele podem aparecer quando o corpo apresenta dificuldades em regular os níveis de colesterol.

Esses problemas manifestam-se através do aparecimento de manchas avermelhadas, inflamação e uma incómoda sensação de comichão que pode ser difícil de controlar.

  1. 10-Intolerâncias alimentares

Indivíduos acometidos por intolerâncias alimentares podem estar com níveis altos de colesterol no sangue.

Ainda que essas condições possam originar-se devido a diversos fatores, a acumulação excessiva de gordura nas artérias e no fígado pode ser uma delas.

O melhor é uma dieta equilibrada!
Concluindo, o consumo de colesterol na alimentação é importante porque ele participa de muitos processos importantes. Uma dieta equilibrada, com poucas gorduras e rica em vegetais favorece o bom funcionamento dos intestinos e contém menos calorias, isso aumenta a longevidade e auxilia a prevenir doenças. O consumo de gorduras boas, como aquelas provenientes do ômega 3 é uma boa opção para uma alimentação saudável.

O consumo de frutas é considerada como uma fonte de benefícios para a saúde e controle do colesterol. As frutas exóticas oferecem ainda mais opções para diversificar o consumo e ter uma dieta equilibrada.

Por outro lado, o consumo excessivo de calorias e gorduras saturadas como a alimentação encontrada nos fast foods, contribui para o desenvolvimento de doenças como diabetes, hipertensão, obesidade, impotência sexual, ataque cardíaco, derrame cerebral e outras doenças degenerativas.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.