Home / Emagrecimento / Regulando o Intestino em 1 DIA

Regulando o Intestino em 1 DIA

Regulando o Intestino em 1 DIA
A Seguir um cardápio especial de um dia pode ajudar quem sofre com intestino preso ou solto demais. Esses problemas comuns podem acontecer em quem tem intestino preguiçoso ou se alimentou mal e passou a sentir desconforto. Seja qual for o caso, corrigir a alimentação influencia – e muito! – no funcionamento do órgão.

Como fazer o intestino funcionar.

Esse desequilíbrio pode acontecer muitas vezes durante a vida, como resultado de estresse, uso de antibióticos, má alimentação, baixa acidez estomacal, uso de anticoncepcional, entre outras causas. Segundo a nutricionista Dra. Flavia Cyfer, os principais nutrientes que ajudam a regular o intestino são a vitamina A, C, E, B5, B6, lecitina, Zinco, ácido fólico e selênio.

Captura-de-Tela-2015-06-09-às-18.26.13-610x300

 

LEIA TAMBÉM

Entre os alimentos que possuem esses nutrientes e são amigos do intestino estão as frutas cítricas, vegetais verde escuros, sementes de linhaça, de abóbora e chia, castanhas e brotos. É importante seguir uma boa alimentação para alimentar as bactérias do bem (probióticas) e ajudar o órgão a funcionar. “Uma alimentação inadequada fortifica as más bactérias. A começar pela deficiência de fibras e alimentos integrais, alto consumo de alimentos de difícil digestão, como os que contém glúten ou os laticínios, alta ingestão de álcool e açúcar, biscoitos, farinhas, massas e pães refinados (brancos)”, alerta a especialista.

Cardápio para regular o intestino Café da Manhã –

Suco de abacaxi com acerola + 1 pedaço de gengibre + 1 colher de sobremesa de polpa de banana verde + 1 folha de couve + 1 colher de sopa de semente de chia Explicação da nutricionista: “Esse suco é rico em vitamina C, E, ácido fólico, ômega 3 e fibras, importantes para a integridade e funcionamento intestinal. A polpa da banana verde fornece a fibra prebiótica, amido resistente.

O gengibre ajuda a digestão e eliminação de gases). Ah! Beba sem coar!”. Colação – 1 /2 xícara de mix de sementes (girassol, abóbora e gergelim branco e preto) – Chá de hortelã Explicação da nutricionista: “Lanchinho com muita vitamina E, Selênio, ômegas, Zinco e magnésio. O chá e hortelã prepara o estômago para uma boa digestão no almoço”.

Almoço -Salada de folhas cruas (incluir chicória, rúcula e agrião), cebola, alho poro, aspargos com azeite e orégano seco. -Arroz integral -Lentilhas -Peixe grelhado com alecrim e açafrão Explicação da nutricionista: “A chicória é fonte de fibra prebiótica, assim como os outros vegetais citados. Os grãos integrais premiam a refeição com nutrientes, fibras e fitoquímicos. O alecrim ajuda a matar bactérias malvadas e o açafrão atua como anti-inflamatório”.

Lanche – Mingau de aveia com canela e farofa de castanhas Explicação da nutricionista: “A aveia também contém fibra prebiótica e a canela ajuda matar fungos. As castanhas garantem as doses de vitamina E e selênio).

Uma dica: use leite de soja, arroz ou amêndoas. Evite o de vaca, pois pode gerar moléculas mal digeridas, ótimas para as bactérias do mal!”.

Jantar -Saladinha verde com broto de alfafa -Sopa de mandioquinha com alho poro Explicação da nutricionista: “Os brotos são ricos em enzimas que facilitam a digestão e são repletos de nutrientes!

Essa sopinha gostosa e quentinha pro inverno é alimento para as nossas amiguinhas do intestino! Dica: esprema um dente de alho e misture no seu prato pronto. Ele tem poder de matar bactérias ruins, um antibiótico natural”.