Home / Emagrecimento / Reduza cintura com compressa de gengibre

Reduza cintura com compressa de gengibre

Sabemos que a raiz de gengibre é muito usada em temperos culinários.

Mas, graças às suas propriedades terapêuticas, nós podemos usá-la para fins medicinais.

O gengibre tem propriedades:

– Anti-inflamatórias

– Antioxidantes

– Antivirais

– Antibacterianas

Além disso, contém vitaminas, minerais e óleos essenciais excelentes para o organismo.

Seus benefícios são grandes:

– Melhora o funcionamento do aparelho digestivo

– Remove toxinas do corpo

– Trata problemas respiratórios

– Melhora a circulação

Além de tudo isso, o gengibre estimula o metabolismo, ajuda a emagrecer e reduz a cintura.

Isso mesmo!

Você pode perder algumas gordurinhas com a ajuda dessa raiz.

No entanto, não se trata de um passe de mágica – é preciso esforço e disciplina.

O melhor de tudo é que, como se trata de um medicamento natural, não causa efeitos colaterais.

Neste post, vamos ensinar uma receita com gengibre excelente para derreter a gordura abdominal.

É uma compressa que se aplica na barriga.

Veja como se faz e aplica esta compressa:

Pegue 1/2 xícara de gengibre ralado e coloque numa panela previamente cheia com 1 litro de água.

Leve para ferver.

Quando já estiver feito isso, desligue o fogo e deixe esfriar um pouco (não pode deixar esfriar muito; é só até ficar em uma temperatura suportável pela pele).

Em seguida, molhe um pano de algodão na compressa de gengibre e coloque sobre a barriga.

Cubra com uma toalha para reter o calor.

A ideia é fazer com que o corpo absorva o calor do pano de algodão, o que vai derreter as gordurinhas.

E esta ação é reforçada graças à atividade termogênica do gengibre.

Quando o pano esfriar, molhe-o outra vez e repita o procedimento.

Faça isto 3 vezes.

E o tratamento deve ser feito 2 vezes por semana.

Observação: A infusão de gengibre tem que ser usada dentro de 3h após sua preparação.

Ou seja, não guarde para utilizá-la muitas horas depois.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.