Home / Saúde / Receitas naturais para tratar rinite

Receitas naturais para tratar rinite

A rinite é uma inflamação da mucosa nasal de origem alérgica.

Trata-se de uma resposta do organismo a alguma substância nociva que incomoda o nariz.

O nariz, além de porta de entrada para o ar, também é um órgão fiscalizador.

Por isso, quando os neurônios sensitivos nasais percebem que alguma substância química pode ser perigosa para o corpo, eles agem imediatamente provocando irritação ou entupimento das fossas nasais, com maior frequência de espirros e um volume maior de secreção.
LEIA TAMBÉM

Neste post, reunimos três ótimos remédios caseiros para tratar a rinite.

RECEITA NÚMERO 1

INGREDIENTES

1 litro de água

1 folha de eucalipto

2 folhas de amora

MODO DE PREPARO

Pela manhã, em jejum, ferva um litro d’água em panela de vidro ou inox.

Desligue o fogo e acrescente uma folha de eucalipto (da fininha) mais duas folhas de amora.

Tome esse chá durante o dia e sempre nos momentos de crise.

Os espirros vão parar, além do catarro, e você vai poder levar uma vida normal.

RECEITA NÚMERO 2

INGREDIENTES

1 litro de água

1 colher (sopa) de hortelã

1 colher (sopa) de urtiga

1 colher (sopa) de flores de sabugueiro

1 colher (sopa) de flores de crisântemo

MODO DE PREPARO

Ferva 1 litro de água.

Quando a água ferver, desligue o fogo e ponha imediatamente as ervas.

Feche a panela.

Deixe descansar por uns 15 minutos.

Passado esse tempo, pode coar e servir.

RECEITA NÚMERO 3

INGREDIENTES

2 punhados (cerca de 600 gramas) da raiz do assa-peixe roxo (bem lavada e picada)

1 quilo de açúcar

2 litros de água

MODO DE PREPARO

Cozinhe em fogo médio até virar xarope.

O tempo para ficar no ponto de xarope é de cerca de 2 horas.

Depois espere esfriar e guarde num vidro.

Tome uma colher de sopa três vezes por dia.

Observação: Encontra-se a raiz de assa-peixe roxo em casas de ervas medicinais ou em lojas de produtos naturais.

Tome de 3 a 4 xícaras por dia como preventivo (no inverno) ou para combater as doenças.

Não tome por mais de 7 dias.

E, sempre depois de uma sequência de dias de uso, dê um intervalo/descanso de uma semana.