Home / Emagrecimento / Pílula Antibarriga

Pílula Antibarriga

Pílula antibarriga

O rimonabanto, que recebeu o nome comercial de Acomplia, ficou conhecido como a “pílula antibarriga” quando foi descoberto, na década de 90.O Acomplia, mais conhecido como “ pílula antibarriga ”, é um medicamento para emagrecer que começou a ser comercializado no Brasil a partir do ano de 2006. Utilizado primeiramente por pacientes com obesidade mórbida, ele foi amplamente divulgado como um remédio específico para melhorar o controle físico, facilitando a perda de peso, já que seus ativos apresentam diversas melhorias no organismo do usuário, incluindo colesterol e redução de riscos de doenças causadas pela obesidade, aliás, o acomplia era utilizado em pacientes obesos mórbidos, que corriam risco de morte. Provocando uma auto-estimulação tanto em nossas ações como no nosso apetite.

O remédio tem venda proíbida no Brasil mas é facilmente encontrado confira os detalhes , os benefícios e os riscos da pílula antibarriga.

Acomplia funcionando

O medicamento Acomplia funciona como inibidor de apetite atuando sobre a produção de endocanabinóides, responsáveis pela fome. Quando estes estão desregulados, a fome aumenta acaba dando lugar à famosa gula, que tanto aflige os gordinhos. Além da vontade de comer, os endocanabinóides também interferem no colesterol e no acúmulo de gordura no abdômen, logo, ao ingerir o Acomplia, os efeitos são perda de apetite, emagrecimento, perda de medidas da barriga e controle do colesterol.

LEIA TAMBÉM

pilula-antibarriga

Quantos quilos posso perder?

Sendo um inibidor de apetite, é possível perder 8 quilos por mês mas essa perda de peso não é  apenas fruto da ingestão do medicamento, ele deve ser aliado a uma dieta balanceada e a prática de exercícios físicos.

Contraindicações

A pílula antibarriga não é indicada para as pessoas que sofrem de algum distúrbio psiquiátrico, depressivo, além de crianças, gestantes, idosos e lactantes.

Os efeitos colaterais observados no uso do Acomplia foram menos agressivos se o compararmos com outros anorexígenos. Porém, ele pode causar náuseas e infecções respiratórias do trato superior. Entretanto, ele foi mesmo suspenso pela FDA (Food and Drug Administration) por causa dos seus danos psiquiátricos. Alguns pacientes sofreram de depressão, inclusive apresentando intenção suicida.

É contra indicado para pessoas com quadros depressivos, especialmente se usarem antidepressivos como a fluoxetina. Pacientes com hipersensibilidade ao rimonabanto, gestantes, lactantes, crianças e idosos também devem permanecer distantes desse remédio.

Como a venda do Acomplia é proibida no Brasil e os riscos apresentados são grandes, a melhor forma de ter uma silhueta esbelta é fazendo uma dieta equilibrada e atividades físicas regulares. Para tanto, consulte um nutricionista ou um endocrinologista para ter o seu cardápio pessoal formulado especialmente para o seu caso e objetivo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*