fbpx Scroll Top

Variedades

Pastores fazem manifestação pedindo reabertura das igrejas durante a pandemia

A decisão de manter os templos religiosos (igrejas) fechados durante a pandemia do novo coronavírus encontra resistência em muitas regiões do Brasil. Em Campo Grande, Campinas, por exemplo, um grupo de pelo menos 30 pastores fizeram uma manifestação contra a medida.

Os pastores se reuniram em frente à Praça da Concórdia no último dia 15, onde fizeram o ato pela reabertura das igrejas da região. Eles fizeram orações e muitos estavam utilizando máscaras de proteção, informou a Cidade On

Igrejas na pandemia

O fechamento dos templos durante a pandemia do coronavírus divide opiniões.

Enquanto muitas lideranças religiosas defendem a necessidade do encerramento total das atividades coletivas, outros argumentam que apenas pessoas que pertencem ao grupo de risco da Covid-19 devem se isolar.

Uma dessas pessoas é o pastor Silas Malafaia, que disse acatar o fechamento dos templos da Assembleia de Deus Vitória em Cristo apenas mediante determinação judicial.

“Gostaria de avisar ao governador de Santa Catarina e de Pernambuco, onde eu tenho igrejas – e qualquer cidade, qualquer prefeito onde eu tenho igrejas – que se os senhores quiserem fechar as igrejas em que eu sou pastor tratem de ir à Justiça”, afirmou Silas em outra ocasião.

Nos Estados Unidos, uma igreja precisou trocar a fechadura do templo para impedir que um pastor fizesse culto durante a pandemia. Na ocasião, o líder religioso apelou para a Constituição Americana.

“Nós vamos nos reunir sempre que possível, acreditamos que esse é um direito protegido pela 1ª Emenda (da Constituição dos EUA) e deve ser considerado essencial”, disse ele. O seu protesto, contudo, não impediu a troca da fechadura.

ZH6678UG3

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.