Home / Emagrecimento / Linhaça – Semente Seca Barriga

Linhaça – Semente Seca Barriga

É comida de passarinho, sim. Mas, se você quiser ficar levinha e cantando feliz como eles, considere esta inclusão no cardápio. Grãos e sementes ajudam na perda de peso. Dentro todos, o destaque é a linhaça.

Mesmo pequena, é funcional e traz enormes contribuições para ter uma vida mais saudável e eliminar uns quilos a mais. É a linhaça, também conhecida como um superalimento. São vários os estudos que apontam seus benefícios. Em um dos mais recentes, da Universidade de Harvard (Estados Unidos), participantes que consumiram entre três e quatro colheres da semente perderam 37% a mais de peso que o grupo que não consumiu a semente.

Por ser rica fonte de fibras, ela sacia a fome, nos ajuda a controlar o apetite ao longo do dia e contribui para reduzir o armazenamento de gordura, principalmente na região abdominal. E com seu arsenal de ômega 3, ainda ajuda a combater inflamações e diminuir a celulite, além de colaborar para acabar com a retenção de líquidos e com o inchaço. Além dos benefícios para emagrecer, esse grão também proporciona mais saúde, ao melhorar o funcionamento do intestino. E faz bem ao coração, por melhorar a pressão arterial e reduzir os níveis de colesterol.

Linhaça: aliada da saúde e da perda de peso

Como consumir a linhaça?

Você vai encontrar nos mercados naturais dois tipos de linhaça, a dourada e a marrom. Do ponto de vista nutricional, são iguais. É na casca que se concentram seus benefícios, proteínas, vitaminas e minerais. Para aproveitar bem os nutrientes, é melhor consumi-la na forma de farinha, que é possível comprar pronta. Mas, para não haver perda de nutrientes, o ideal é triturar as sementes na hora em que for usar.

LEIA MAIS:

A linhaça pode ser consumida com iogurte, usada em sucos, em bolos e outros alimentos. E também em receitas um pouquinho mais elaboradas, como o meu delicioso hambúrguer – confira aqui a receita. Mas a dica é incluir aos poucos na alimentação. No início, consuma uma colher de sopa três vezes na semana. Quando seu intestino estiver adaptado, passe para uma colher por dia, depois para duas ou três. Até aí, chega: em excesso, a semente da linhaça pode atrapalhar a absorção de outros nutrientes fundamentais ao organismo.

A dieta ainda estimula seus seguidores a adicionar uma colher de sopa da semente inteira a receitas de bolo, pães, molhos e permite acrescentar o óleo de linhaça como tempero de saladas ou sobre sopas.

O cardápio da dieta privilegia o consumo de frutas, legumes e verduras, proteínas magras, produtos integrais e leguminosas. O fracionamento da dieta em pequenas refeições ao longo do dia também é uma característica da dieta.

Outras recomendações da dieta são: a prática de atividade física como forma de otimizar os resultados. o controle do peso por meio  da pesagem e anotação do peso a cada 15 dias, assim como o estabelecimento de metas  de peso.

Vantagens da Dieta da Linhaça

A linhaça é uma importante fonte de ômegas 3 e 6, vitamina E e lignina. Seu consumo regular pode trazer diversos benefícios à saúde.

Os ômegas 3 e 6 são considerados gorduras benéficas ao coração e que têm sido relacionados por estudos científicos à diminuição do risco para o desenvolvimento de aterosclerose e doenças cardíacas. E o ômega-3 apresenta papel antiinflamatório no organismo.

A vitamina E atua como antioxidante prevenindo o envelhecimento precoce.

Estudos demonstram que a lignina, também presente na linhaça atua de forma semelhante ao hormônio feminino estrógeno auxiliando na proteção contra o câncer de mama.

Desvantagens da Dieta da Linhaça

Os efeitos da suplementação de linhaça a longo prazo sobre o emagrecimento ainda estão sendo estudados pela equipe de Nutrição da UFRJ, desse modo ainda não é possível afirmar que a dieta é eficaz e segura.

Por ser rica em gorduras poli-insaturadas (os ômegas), a semente de linhaça quando triturada não deve ser armazenada por longos períodos devido à ocorrência de oxidação destes componentes e consequente perda de suas propriedades nutricionais.

O consumo de dois copos de café de farelo de linhaça pode representar uma ingestão excessiva de fibras alimentares que, segundo estudo realizado pelo Departamento de Nutrição da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, pode prejudicar a absorção de nutrientes no intestino. Caso o elevado consumo de linhaça e, portanto de fibras alimentares não seja associado à adequada ingestão de líquidos pode ocasionar constipação intestinal.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*