fbpx Scroll Top

Variedades

‘HÁ LUZ NO FIM DO TÚNEL’, DIZ PREFEITO DE CIDADE ITALIANA DEPOIS DE CURA DE BEBÊ DE 50 DIAS

Corbetta, a 21 quilômetros de Milão, acordou no último dia 25 de março com uma boa notícia. Leonardo, de apenas 50 dias, estava voltando para sua casa na pequena cidade de 18.006 habitantes, depois de 10 dias hospitalizado. O bebê foi mais um dos 52 moradores infectados pelo Covid-19, o vírus letal que assola o mundo desde dezembro do ano passado, e que só em Corbetta já matou seis pessoas.

“Em meio a tanta tragédia, a recuperação dele nos trouxe esperança. E por isso mesmo, decidimos compartilhar essa vitória com os corbetenses e com o mundo. Depois de tantos relatos tristes, anunciar a recuperação de uma criança nos fez sorrir novamente. Nos deu a sensação que há uma luz no fim do túnel”, conta por telefone o prefeito, Marco Ballarini, que desde o dia 8 de março decretou o fechamento do comércio e a restrição de locomoção da população.

A recuperação de Leonardo, que jamais esteve em estado crítico, reanimou toda uma nação. E não só. Os jornais internacionais estamparam a foto do “bambino” em suas páginas. Os pais do ilustre morador se fecharam em casa e se recusam a comentar sobre o caso.

“Eles preferem manter distância nesse momento. A mãe de Leonardo ficou com ele o tempo todo mas não testou positivo. O pai foi infectado mas está curado”, explica o prefeito, que exalta o fato de que a cada dia vê em sua cidade o número de casos diminuir.

“Estamos no caminho certo. E esperamos que daqui dez dias, possamos voltar a abrir gradativamente o comércio”, explica.

Na montagem, “Nonno” Antonio, de 85 anos, e o prefeito Marco Ballarini Foto: Reproução

Uma outra história animadora também vem de Corbetta. Desta vez, o paciente é um homem de 85 anos. “Nonno” Antonio é mais um dos pacientes curados apesar da idade avançada. “Após dez dias,  ele voltou para casa no dia 17 de março. Acaba de fazer o segundo teste e o resultado é negativo”, comemora Marco.

Assim como Leonardo, o aposentado chegou ao hospital apresentando os sintomas clássicos de uma gripe forte: febre, tosse e dificuldade para respirar. Internado imediatamente, apesar da idade, reagiu bem ao tratamento e pode voltar para casa com a filha e o neto que tiveram de cumprir uma quarentena rigorosa. “A foto dele usando uma máscara e fazendo o sinal de positivo representa para todos nós a perspectiva de dias melhores. E, todas as vezes que tivermos boas notícias, iremos espalhá-la. É a nossa contribuição de esperança em dias tão fúnebres para o nosso país e para o mundo”, diz.

ZH99330

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.