fbpx Scroll Top

Variedades

Encomendas da China podem ter coronavírus?

Você tem o costume de fazer compras online e receber seus produtos da China? Pois saiba que muitos brasileiros fazem o mesmo, porém isso levantou uma dúvida. Será que as encomendas da China podem vir contaminadas com o novo vírus?

Encomendas da China são seguras?

O grupo financeiro especializado em negócios internacionais Ebanx fez uma pesquisa recentemente sobre o mercado de compras digitais. Certamente o Brasil não estaria fora. Isso porque é um dos que mais movimenta dinheiro em compras na China. As compras online vêm crescendo cada dia mais.

Para você ter uma ideia, o site Aliexpress teve 24% das suas compras oriundas daqui. Também o Wish, famoso aplicativo de compras no exterior, teve praticamente o mesmo percentual. Isso mostra o poder de compra do brasileiro na China. Mas será que isso é realmente seguro em tempos de coronavírus?

Como ocorre a contaminação

Primeiro de tudo, é bom entender como se dá a contaminação pelo vírus. Os médicos chineses estão afirmando que o ideal é manter uma distância mínima de 2 metros entre pessoas para reduzir a contaminação. Isso porque gotas de saliva e afins podem sim contaminar quem está próximo, sendo assim necessária maior cautela.

Porém, não foi ainda comprovado se o contato com superfícies que tenham sido tocadas por pacientes podem contaminar. Mas é certo que isso só aconteceria se, depois de tocar o objeto contaminado, a pessoa levasse a mão aos olhos, boca e nariz. Em outras palavras, é muito difícil que aconteça.

Resistência do vírus

Outro ponto que se deve observar é se o coronavírus sobrevive fora do seu hospedeiro – no caso, o ser humano. Ainda não se tem nenhum estudo que avalie quanto tempo ele pode viver fora do corpo. Porém, ele pertence à mesma família dos vírus SARS-CoV e MERS-CoV. Para eles, a sobrevivência fora do corpo é muito pequena, de apenas algumas horas.

Mas e a carne chinesa congelada?

O Brasil não tem muito o hábito de importar carne da China, mas pode acontecer de se consumir um produto especial, importado. Normalmente comercializada congelada, ela passa muito tempo em temperatura abaixo de zero. Só isso seria o suficiente para matar qualquer coronavírus presente na mesma.

Ainda assim, as chances que tenham sido contaminadas são mínimas, dado o próprio processo de retirada e embalagem da carne. Então pode comer a carne importada e congelada chinesa, sem medo. Mas é claro que é fundamental cozinhar muito bem antes, só para não dar margem à sorte. Prevenir é sempre melhor que remediar.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.