Scroll Top

Saúde

Dor de garganta: causas e como aliviar

Proveniente de uma possível inflamação na faringe ou amígdalas, a dor na garganta pode ter diversas causas, desaparecendo em no máximo uma semana, caso ela não seja infecciosa.

Os médicos recomendam que ela seja tratada imediatamente, pois pode alcançar um estágio mais avançado e se tornar um problema maior. Sendo assim, sempre procure seu médico para melhores orientações. Realizado o diagnóstico, há diversas formas de contornar esse mal, que serão ensinadas neste artigo.

 

Causas

Existem muitos fatores que podem desencadear uma dor de garganta, como Infecções virais, bacterianas, esforços vocais e outros. Veja as principais.

1. Infecções por vírus

Este é o tipo mais corriqueiro, sendo a dor de garganta oriunda de gripes e outros tipos de infecções virais, como a mononucleose, sarampo, catapora e zika.

2. Infecções por bactérias

Um pouco mais difíceis de curar e que normalmente requerem uma atenção mais especializada, as infecções por bactérias podem causar dores na garganta.

São alguns exemplos a faringite estreptocócica, coqueluche, difteria, abscessos oriundos de bactérias e outras.

3. Fatores do meio

Se o causador não é um vírus ou bactéria, pode ser que a dor seja proveniente de fatores externos, como a poluição, convivência com fumantes, falta de umidade do ar e outros.

Alergias também podem causar irritação na garganta, já que ela acaba acumulando muco, além da tosse que pode acabar agredindo o local.

Outro fator que pode causar dores na garganta é a necessidade do uso da voz, sem a técnica necessária e em excesso. É o caso de professores, cantores amadores, vendedores de rua e similares.

Claro que existem outros fatores que podem gerar dores na garganta, como o câncer, mas eles são muito mais raros. Por isso, visite seu médico periodicamente.

O que é bom para dor de garganta

Existem alguns tratamentos naturais que podem ajudar a lidar melhor com a dor de garganta.

1. Gargarejo de beterraba

Ingredientes

Vinagre de álcool: 2 colheres;
Beterraba: 500 gramas.

Modo de preparo

  1. Esmague as beterrabas com um garfo e adicione as duas colheres de vinagre;
  2. Misture bem e deixe repousar por 20 minutos;
  3. Passe a mistura em uma peneira e faça gargarejos a cada 2 ou 3 horas.

2. Gargarejo de limão com bicarbonato de sódio

Ingredientes

Limão: sumo de 3 unidades;
Bicarbonato de sódio: 1 colher (chá).

Modo de preparo

  1. Misture os dois ingredientes em um copo;
  2. Faça o gargarejo por 1 minuto, ao menos 3 vezes ao dia.

3. Água morna com vinagre e sal

Ingredientes

Água morna: ⅔ de um copo;
Vinagre: ⅓ de um copo;
Sal: uma pitada.

Modo de uso

  1. Misture bem os ingredientes em um copo;
  2. Faça o gargarejo aos poucos, sempre eliminando o que foi usado e colocando mais;
  3. Repita até terminar o copo todo, ao menos 3 vezes ao dia

4. Água de alho

Ingredientes

Alho: 1 dente;
Água: 200 ml.

Modo de preparo

  1. Amasse bem o alho;
  2. Coloque em um copo com água e deixe por 1 hora;
  3. Beba a água, ao menos 3 vezes ao dia;
  4. O alho pode ser adicionado também a sucos, se você preferir.

5. Chá de hortelã com gengibre e mel

Ingredientes

Hortelã: 5 folhas;
Gengibre: 1 pedaço de 5 cm;
Água: 300 ml;
Mel: 1 colher (sopa).

Modo de preparo

  1. Coloque o gengibre na água e leve ao fogo;
  2. Deixe ferver por 10 minutos, em fogo baixo;
  3. Adicione as folhas de hortelã, desligue e tampe a panela;
  4. Quando amornar, adoce com mel, coe e beba.

6. Mel com alho e limão

Ingredientes

Mel: 1 colher (sopa);
Alho: 1 dente;
Limão: sumo de 1 unidade.

Modo de preparo

  1. Pique ou amasse o alho bem pequeno;
  2. Adicione o mel e deixe descansar por 30 minutos;
  3. Coloque o sumo do limão e beba imediatamente

7. Xarope de beterraba com gengibre

Ingredientes

Beterraba: 1 unidade;
Gengibre: 5 cm, ralado;
Açúcar: o quanto baste.

Modo de preparo

  1. Em uma vasilha com tampa, coloque uma rodela de beterraba;
  2. Acrescente um pouco de açúcar e uma porção de gengibre ralado;
  3. Coloque outra rodela de beterraba, açúcar e gengibre e repita até terminar a beterraba;
  4. Tampe bem e deixe por pelo menos 6 horas, para soltar o caldo;
  5. Tome colheradas do caldo da beterraba com gengibre durante o dia;
  6. A mistura deve ser utilizada no máximo por 24 horas, devendo então ser descartada.

8. Mel com extrato de própolis e limão

Ingredientes

Mel: 1 colher (sopa);
Extrato de própolis: 15 gotas;
Limão: sumo de 1 unidade.

Modo de preparo

  1. Em uma vasilha, coloque todos os ingredientes;
  2. Misture muito bem e tome, ao menos 4 vezes ao dia;
  3. A medida em que a dor for diminuindo, pode ir reduzindo a quantidade de própolis até 10 gotas

9. Chá de eucalipto

Ingredientes

Folhas frescas de eucalipto: 5 unidades;
Água: 500 ml;
Mel: 2 colheres (sopa).

Modo de preparo

  1. Coloque as folhas e a água para ferver;
  2. Assim que levantar fervura, desligue e tampe;
  3. Deixe em infusão até amornar;
  4. Adicione o mel e misture bem;
  5. Beba, fracionando em duas doses

10. Xarope de gengibre com canela e própolis

Ingredientes

Pau de canela: 1 unidade;
Gengibre: 5 cm;
Água: ½ xícara (chá);
Mel: ½ xícara (chá);
Extrato de própolis: 30 gotas.

Modo de preparo

  1. Faça um chá com a água, canela e o gengibre;
  2. Deixe que esfrie bastante e adicione o mel e o própolis;
  3. Tome uma colher a cada 3 horas

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

FONTE: DICAS ON LINE

CURTIU A DICA? INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL  ➜ https://goo.gl/zajniC

garganta1280

Inscreva-se aqui Receba artigos e dicas imperdíveis

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.