Home / Emagrecimento / Dicas para emagrecer no trabalho

Dicas para emagrecer no trabalho

Dicas para emagrecer no trabalho

Emagrecer é um desafio nos dias de hoje, porém para quem trabalha o dia inteiro sentado em um escritório é muito mais complicado.  Passar cerca de oito horas por dia sentado é um convite ao sedentarismo, porém existem aqueles que conseguem um tempinho de ir na academia ou caminhar um pouco depois do expediente. Mas nem sempre isso é tão simples de conseguir por causa do tempo, outras tarefas domésticas e o próprio cansaço diário.

Mas muitos se perguntam o que poderiam fazer para emagrecer no trabalho. A falta de movimento é um fator que não ajuda muito, porém certas coisas podem ser feitas para ajudar na sua dieta. Aí vão algumas dicas:

  1. Fuja dos lanchinhos no trabalho: Um dos problemas para quem fica sentado é comer sem perceber a quantidade que está ingerindo. Substitua lanches por alimentos mais saudáveis, como barra de cereais ou uma fruta, quando a fome bater.
  2. Mesmo durante o trabalho a cada período,  de um hora ou meia hora, tente se levantar caminhar e se alongar. Além de exercitar um pouco os músculos parados, também  ajuda a despertar e melhorar seu desempenho.
  3. Aproveite o horário de almoço: Se possível utilize esse horário para ir a uma academia ou para dar uma caminhada, para se distrair por alguns instantes. Aproveite para ir naquele restaurante e vá caminhando.

Com poucas mudanças de hábitos você perceberá os resultados em semanas.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER !

Sinal verde para 

· Pães e arroz integrais
· Grãos integrais e leguminosas
· Proteínas magras
· Legumes e verduras
· Frutas

Sinal vermelho para

· Doces
· Comidas preparadascom farinha refinada
· Arroz branco e macarrão branco
· Refrigerantes

Não podem faltar

Carboidratos complexos: costuma-se culpar o carboidrato quando a balança se volta contra nós. No entanto, ele não deve faltar numa dieta com objetivo de queimar gordura e definir o abdômen. Por quê? Além de importante fonte de energia, é essencial numa alimentação saudável. Saber escolher quais carboidratos incluir na dieta define a diferença entre ficar em forma ou acumular gordura. Os carboidratos complexos, encontrados em legumes, cereais, massas e farinhas integrais, são absorvidos pelo organismo de forma lenta e gradual e proporcionam energia duradora e sensação de saciedade. Efeito contrário têm os carboidratos simples, presentes em doces e alimentos preparados com farinha branca, como bolos e macarrão, que são rapidamente metabolizados e fornecem um curto pico energético. Resultado: você logo sente fome novamente.
Proteínas magras: a principal função da proteína é a de construir tecidos, inclusive musculares. Por isso, quem treina em busca de um corpo seco e definido precisa consumir proteínas magras e de alto valor biológico, como as encontradas em carnes vermelhas magras, peito de frango e de peru, peixes, ovos, leite e iogurte desnatados. Mas nada de exageros. Se ingerida em excesso, a proteína que não é aproveitada vira gordura, que vai se depositar na… bem, você sabe onde.
Fibras, vitaminas e minerais: as boas fontes desses nutrientes fundamentais são frutas, verduras e legumes, que devem estar presentes todos os dias na dieta. A combinação desses alimentos ajuda a manter o peso e previne uma série de doenças. As vitaminas e os minerais são essenciais para os processos metabólicos do organismo. As fibras dão sensação de saciedade, o que pode contribuir para controlar o apetite.
Cardápio inserido

CARDÁPIO

CAFÉ DA MANHÃ

Opção 1: 1/2 papaia batido com 1 copo de leite desnatado + 2 fatias de pão integral light com + 1 fatia de ricota e 1 col. (chá) de mel

Opção 2: 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado + 1 pão francês integral ou 1 pão francês sem miolo com 1 ovo quente ou mexido +1 maçã

Opção 3: 1 pote de iogurte natural desnatado misturado com 2 col. (sopa) de cereal integral sem açúcar e 6 morangos

LANCHE DA MANHÃ

Opção 1: 1 banana em rodelas misturada com 1 col. (sopa) de aveia em flocos

Opção 2: 1 pote de iogurte natural desnatado com + 1 col. (sopa) de granola diet

Opção 3: 1 porção de mix funcional: 1 castanha-do-pará picada + 1 col. (sopa) de semente de girassol sem sal + 1 damasco seco picado + 1 colher de sopa de uva-passa

ALMOÇO**

Opção 1: 1 prato de salada de alface, tomate e cenoura ralada + 2 col. (sopa) cheias de arroz integral + 2 fatias de maminha ou lagarto assado + 3 ramos de brócolis + sobremesa (1 fatia de melancia)

Opção 2: 1 prato de salada verde + 2 col. (sopa) cheias de arroz + 7 grãos ou integral + 1 filé de frango grelhado + 1 pires de abobrinha refogada + sobremesa (1 fatia de abacaxi)

Opção 3: 1 prato de salada de rúcula, alface-americana e tomate + 1 filé de peixe grelhado + 2 col. (sopa) de purê de batatas +1 porção de espinafre refogado + sobremesa (1 mexerica)

LANCHE DA TARDE

Opção 1: 2 torradas integrais com 2 col. (sopa) de requeijão light e 2 col. (chá) de geleia de morango ou framboesa diet

Opção 2: 2 fatias de pão integral light com 1 fatia de queijo branco + 2 fatias de peito de peru defumado, tomate e alface

Opção 3: 1 pote de iogurte natural desnatado misturado com + 1 ameixa seca e 2 col. (sopa) de granola light

JANTAR**

Opção 1: 1 prato de sobremesa de salada caprese (tomate e mussarela de búfala em rodelas ou queijo branco em cubos e folhas de manjericão) + 1 filé de peixe grelhado

Opção 2: 1 prato de salada verde + 1 omelete feita com 1 ovo inteiro + 1 clara + 3 fatias de peito de peru e tomate picado

Opção 3: 1 prato de salada de folhas, tomate, cenoura, palmito e salsão ou outros legumes à sua escolha + 1 berinjela recheada com carne moída

CEIA

Opção 1: 1 fatia de queijo branco com + 1 col. (sobremesa) de geleia diet

Opção 2: 1 garrafinha de iogurte light

Opção 3: 2 rolinhos de mussarela light com peito de peru