fbpx Scroll Top

Variedades

Depois de viver entre a gripe espanhola e a Segunda Guerra, aos 101 anos ele se curou da covid-19

A Itália é um dos países mais afetados pelo coronavírus até este momento, início de abril de 2020. Sabe-se que 23% da população italiana tem mais de 65 anos, mas já se sabe que a doença não escolhe a quem vai afetar. Portanto, da mesma forma que a covid-19 ataca e leva a óbito pessoas muito jovens, também é vencida por pessoas de muita idade.

O “Sr. P.”, como foi identificado, é um dos grandes exemplos disso. Ele tem 101 anos de idade e recentemente ganhou alta de um hospital em Rimini, na Itália, por conseguir se curar da covid-19. Gloria Lisi, vice-prefeita de Ramini, declarou que esta cura foi “verdadeiramente extraordinária” e que serve como uma “esperança para o futuro”.

O Sr. P. nasceu no ano de 1919, período em que o mundo passou pela temida gripe espanhola, que ocorreu de 1918 a 1920 e matou milhões no mundo e cerca de 600 mil italianos. Mas, aquela criança ainda tinha muito para viver e sobreviveu à pandemia.

Enquanto crescia, o Sr. P. também viu o mundo passar pela II guerra mundial, que aconteceu de 1939 a 1945. Sorte a dele foi que um ano antes de nascer a primeira guerra tinha terminado.

Mas o que este senhor não esperava era que, depois de 1 século de vida, ainda estaria na Terra para presenciar e, inclusive, ser afetado por mais uma pandemia. Dessa vez, Sr. P. não ficou ileso.

Ele contraiu o novo coronavírus e teve que ser internado. Naturalmente, poucos acreditavam que ele sobreviveria, já que não tinha pouco mais de 65 anos, e sim, estava com 101 anos de idade.

Porém, parece que o idoso ainda tinha muita história para contar. No hospital, ele logo começou a apresentar melhoras no seu estado de saúde, e o mais impressionante foi que ele se recuperou e ganhou alta.

Agora, este homem serve como inspiração e como fonte de esperança para todos aqueles que temem a covid-19, achando que, se estiverem no grupo de risco, praticamente não há chance de sobreviver.

É claro que cada caso é único, e que nem por isso as pessoas devem deixar de tomar todos os cuidados necessários para se prevenirem. Mas também fica aqui uma mensagem positiva de que esta doença não é invencível. Todos os infectados podem e devem lutar pela vida, pois há sempre uma chance de cura.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE ➜ https://goo.gl/zajniC

zhidoso-venceu-covid

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.