Scroll Top

Pele

Conheça os melhores remédios caseiros para varizes

O que são as varizes? Mais do que simples vasinhos, elas são aquelas veias aparentes na superfície da pele, normalmente na cor roxa. Elas provocam dor, ardor e muito cansaço em quem tem e são mais comuns do que você imagina. Tratá-las logo no início é o indicado e aqui você encontrará remédios caseiros para varizes.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE ➜ https://goo.gl/zajniC

Mulheres são duas vezes mais propensas a ter varizes do que os homens, podendo acontecer em qualquer idade. Os sintomas mais comuns são dor, cansaço, ardor, pulsação ou formigamento nas pernas, além dos incômodos vasos aparentes.

5 Melhores remédios caseiros para varizes

Mas não se preocupe, porque aqui você vai encontrar tratamentos naturais que irão auxiliar na cura e prevenção das varizes. Lembre-se sempre que consultar seu médico antes de aplicar qualquer remédio, mesmo que natural, ok?

Os tratamentos tradicionais podem ser caros e invasivos, como a remoção cirúrgica, destruição com laser ou injeção de químicos para eliminar a veia defeituosa. Já os naturais visam fortalecer as paredes dos vasos e facilitar o fluxo de sangue.

1. Aplicação de argila

Muito tem se falado da aplicação de argila na pele para fins estéticos, mas o que se esquece de dizer é que isso já é utilizado como remédio há muito tempo. Assim, a argila é um dos remédios caseiros para varizes.

Com ação anti-inflamatória e desintoxicante, a argila é eficaz no tratamento das varizes, sendo recomendada sua aplicação diária como auxiliar no tratamento, reduzindo a dor e a espessura dessas veias.

Como fazer:

  1. Em uma vasilha de vidro ou cerâmica, adicione duas colheres de sopa de argila em pó. É importante que seja a argila comprada em lojas especializadas, livre de contaminação;
  2. Adicione água até formar uma pasta na textura de um creme hidratante concentrado;
  3. Aplique no local afetado com o auxílio de uma espátula de madeira ou com as mãos, formando uma camada de 0,5 cm;
  4. Com uma atadura larga, proteja o local para evitar que a argila – depois de seca – caia e perca o efeito;
  5. Aplique à noite e retire pela manhã;

Na manhã seguinte, retire durante o banho e, se quiser, aplique um óleo essencial como o de hamamélis para potencializar o efeito. A quantidade de argila utilizada pode ser aumentada proporcionalmente, a depender da área afetada.

A aplicação de argila também irá proporcionar um efeito de compressão sobre os vasos afetados, facilitando o fluxo do sangue.

2. Vinagre de maçã

As propriedades curativas do vinagre de maçã também faz dele um dos remédios caseiros para varizes. Ele promove a limpeza e tem ação anti-inflamatória, fazendo com que o fluxo sanguíneo seja facilitado, aliviando a sensação de peso das pernas.

Como usar:

  1. Umedeça algumas gazes com vinagre de maçã puro, sem diluição;
  2. Deixe as pernas em uma posição que permita a aplicação das compressas, normalmente na horizontal (aproveite para assistir aquela série que está atrasada ou até mesmo na hora da novela);
  3. Preferencialmente à noite, coloque as compressas e deixe durante pelo menos uma hora;
  4. Retire as gazes e não enxágue;
  5. Massageie a região suavemente;
  6. Na manhã seguinte, lave a região normalmente durante o banho.

3. Alho

Poderoso anti-inflamatório, o alho ajuda a diminuir as dores e a sensação de perna pesada, através da limpeza da região. Ele é considerado um remédio caseiro para varizes, por eliminar as toxinas presentes nelas, facilitando a circulação.

Como fazer:

  1. Higienize um recipiente de vidro com tampa;
  2. Adicione 6 dentes de alho grandes bem picadinhos;
  3. Adicione também o sumo de 3 laranjas e 2 colheres de sopa de azeite de oliva de qualidade;
  4. Misture, tampe e deixe descansar fora da geladeira por 12 horas;
  5. Agite o conteúdo e o utilize para fazer uma massagem delicada na região, por ao menos 15 minutos, até sentir a pele aquecida;
  6. Não enxágue e enrole o local com uma atadura, para evitar a retirada do produto;
  7. Retire pela manhã e lave normalmente.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE ➜ https://goo.gl/zajniC

4. Vassoura de açougueiro

Essa planta com alto poder medicinal, é tradicionalmente utilizada no Brasil para a cura de diversas doenças, fazendo com que ela seja também um dos remédios caseiros para varizes. Ela alivia as dores e outros sintomas, reduzindo a inflamação e agindo com um vasoconstritor natural.

A vassoura de açougueiro pode ser consumida em forma de suplemento alimentar, encontrada em farmácias e lojas de produtos naturais, e é rica em vitaminas B, C, cálcio, cromo, potássio, zinco e outros importantes nutrientes para a saúde.

Pode também ser usada em forma de compressas locais, veja como:

  1. Em uma panela, coloque uma xícara de água e deixe ferver;
  2. Adicione uma colher de sopa de folhas de vassoura de açougueiro;
  3. Deixe por um minuto, desligue o fogo e tampe a panela;
  4. Depois de 15 minutos, coe e faça compressas no local afetado;
  5. Deixe as compressas por no máximo 10 minutos;
  6. Lave a região após a utilização.

5. Óleo essencial de hamamélis

Adstringente e rica em ácido gálico e óleos essenciais, a hamamélis ajuda a aliviar a dor e outros sintomas, reduzindo o inchaço no local, enquanto fortalece as paredes dos vasos afetados. Experimente esse óleo essencial como um dos remédios caseiros para varizes.

Como usar:

  1. Em uma banheira ou balde alto o suficiente para mergulhar toda a região afetada, adicione água morna;
  2. Para cada litro de água, adicione uma gota de óleo essencial de hamamélis;
  3. Deixe por 15 minutos, retire, lave a região e seque bem.

Pode ser utilizado também para fazer massagens no local. Para isso, dilua uma gota de óleo de hamamélis para cada colher de sopa de azeite de oliva.

Para fazer a massagem, faça movimentos circulares, suaves e para cima. Não pressione as varizes, para não piorar o processo. Utilize o óleo de hamamelis, hortelã ou pimenta diluído em azeite para melhores resultados.

O que causa as varizes

A causa das varizes está no mal funcionamento das válvulas que regulam a quantidade de sangue na veia. Além disso, pode ser causada também pelo enfraquecimento das paredes dos vasos sanguíneos.

Os principais fatores que dão origem a elas são a predisposição genética, excesso de peso, alterações hormonais e prisão de ventre constante.

Seus principais sintomas são a impressão de que as pernas estão latejando ou ardendo, a sensação de peso, desconforto e dores, cãibras nos músculos – principalmente durante a noite– , inchaço da perna, tornozelo e pé, além de uma pele mais fina e seca.

Tipos de varizes

Existem diversos tipos de varizes, que são classificadas internacionalmente pelo Sistema de Classificação de Doenças Venosas Crônicas (CEAP), a partir dos seus sinais clínicos, causa, localização e fisiopatologia. Essa classificação busca relacionar e explicar as diferenças nas manifestações das varizes. Confira a classificação de acordo com o CEAP:

  • CEAP 0: sem sinais visíveis ou palpáveis de doença venosa;
  • CEAP 1: vasos muito finos (telangiectasias) de até 1 milímetro de espessura e varizes reticulares de 1 a 3 milímetros de espessura;
  • CEAP 2: veias varicosas com mais de 3 milímetros de espessura;
  • CEAP 3: inchaços (edemas) generalizados.

Até o tipo CEAP 2, o tratamento natural pode resolver, sempre acompanhado de orientação profissional. Nos casos seguintes, talvez seja necessária alguma intervenção mais invasiva, sendo os remédios caseiros para varizes apenas auxiliares na cura.

Existem estágios mais avançados, inclusive com ulceração da pele. É o caso do CEAP 6, que exige cuidados mais específicos, não sendo recomendado o tratamento caseiro.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE ➜ https://goo.gl/zajniC

Como evitar a formação de varizes

Melhor do que tratar, é evitar que as varizes apareçam. Veja o que é recomendado para evitá-las:

  • Faça atividade física: a prática de esportes estimula a circulação, não deixando que o sangue se acumule nas veias. Isso reduz a pressão e mantém o organismo mais funcional. São recomendadas a natação, yoga, caminhadas e o ciclismo.
  • Use meias de compressão: se seu trabalho exige muitas horas em pé ou somente sentado, sem muitas variações, vale a pena investir em meias de compressão. Elas facilitam a circulação do sangue nos membros inferiores.
  • Mantenha uma boa alimentação: não é que aquele chocolatinho esteja proibido, mas é importante ingerir nutrientes como o potássio, fibras, flavonoides, além de reduzir o consumo de sal.

Lembre-se sempre de perguntar ao seu médico antes de utilizar qualquer uma dessas técnicas, pois cada corpo é único e reage de forma diferente aos tratamentos.

Cuide sempre para ter uma boa circulação sanguínea.

 CURTIU A DICA? INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL  ➜ https://goo.gl/zajniC

varizes-1280-3

Inscreva-se aqui Receba artigos e dicas imperdíveis

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.