Home / Pele / Bebida Extermina Celulites

Bebida Extermina Celulites

Além da gordurinha da barriga, a celulite é ainda uma das maiores preocupações das mulheres que gostam de cuidar do corpo e da saúde. As pequenas inflamações que provocam o aspecto de casca de laranja nas pernas e bumbum são difíceis de serem eliminadas e exigem dieta rigorosa e, claro, boa rotina de atividades físicas.

Leia também

Chá solvente de celulite e seca barriga

Como se Livrar de Celulites na Parte de Trás das Coxas

Fim da celulite com 2 ingredientes naturais

 

Mas que tal contar com a ajuda de uma bebida saborosa e refrescante que ajuda a exterminar a celulite? A receita poderosa do suco de melão é indicada por Andrea Santa Rosa Garcia, nutricionista responsável pelo emagrecimento de várias famosas. Conheça os ingredientes e o modo de preparo:

Suco de melão que extermina celulites da nutricionista das celebridades

Suco que extermina celulite

Ingredientes:

  • 1 fatia de melão cantaloupe
  • Suco de 1/2 limão
  • 6 folhas de hortelã
  • 1 colher (café) de gengibre ralado
  • 50 ml de água de coco

Modo de preparo:

Em um liquidificador, bata todos os ingredientes e sirva a seguir.

Você sabe combater a celulite?

Furinhos, nódulos, caroços… Celulite é celulite e incomoda de qualquer jeito, mas, para combatê-la, é necessário conhecer a inimiga. Você sabe como ela surge? Faça o teste e veja se você está por dentro do assunto!

O que é Celulite?

Lipodistrofia Ginóide é o nome técnico e correto da “celulite’, já que o termo também se refere à infecção bacteriana do subcutâneo, mas fora da esfera medica o termo ja está consagrado. A celulite é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que essas células fiquem cheias e endurecidas, deixando o local com desníveis (ondulações e retrações) e nódulos, que se manifesta externamente através dos furinhos indesejados na e/ou em “casca de laranja”. É causada por alterações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação e consequente aumento do tecido fibroso.

A celulite não é uma condição médica grave, mas pode causar desconforto nas mulheres por causa da aparência que confere à pele.

Tipos

Os graus de celulite são avaliados por meio da “Cellulite Severity Scale”, um método desenvolvido pelas dermatologistas brasileiras Doris Hexsel, Camile Hexsel e Taciana Dal Forno. Essa nova classificação avalia a celulite de forma mais objetiva, e já é reconhecida internacionalmente.

Essa classificação avalia as principais características clínicas da celulite, sendo elas:

  • Número e profundidade de depressões
  • Aspecto das áreas elevadas da celulite
  • Presença de lesões elevadas
  • Presença de flacidez
  • Graus da antiga classificação.

Cada um dos itens acima recebe uma pontuação de zero a três, e a soma total dos pontos vai mostrar se a celulite é:

  • Leve (1 a 5 pontos)
  • Moderada (6 a 10 pontos)
  • Grave (11 a 15 pontos).

Além disso, de acordo com a nota de cada característica já é possível determinar como deve ser o tratamento mais eficaz. A utilização dessa nova escala define com maior precisão os graus de celulite, levando em consideração os detalhes clínicos mais relevantes para cada paciente.

Causas

Existem vários fatores para uma pessoa desenvolver celulite. O excesso de peso é um fator determinante, mas muitas mulheres que tem o peso normal, ou mesmo abaixo do normal, podem apresentar uma alteração no equilíbrio entre a quantidade de gordura do corpo e a massa muscular. Então, uma mulher magra pode ter uma proporção maior de gordura e menor de musculatura, mantendo normal ou baixo o seu peso final. Este excesso de gordura, associado à ação dos hormônios femininos e alterações na microcirculação e nos e linfáticos acabará formando celulite. Existe também fatores externos como cigarro, estresse, ma alimentação, poluição e falta de exercícios físicos

Fonte: Bolsa de Mulher e Minha Vida