Home / Saúde / A doença de Lyme: a ameaça que está se espalhando pelo mundo e todos precisam conhecer!

A doença de Lyme: a ameaça que está se espalhando pelo mundo e todos precisam conhecer!

Há uma doença chamada Lyme, que é dificílima de ser diagnosticada.

Há quem sofra durante anos e só muito tarde consegue descobrir que a causa não está na fibromialgia, lúpus, encefalite, meningite ou esclerose múltipla, como os médicos suspeitavam.

Essa doença, no início, também pode ser confundida com uma depressão, Alzheimer, déficit de atenção ou ansiedade.

Quem não tem o costume de visitar o médico acaba ignorando os sintomas, até porque eles tendem a desaparecer depois de alguns meses.

O problema é que voltam muito mais forte depois.

A gravidez também atrapalha o diagnóstico.

Afinal de contas, sintomas como cansaço podem estar relacionados a mudanças de hormônios, que é bem natural nas gestantes.

Pelo pouco que expusemos neste post, já deu para perceber que muitos problemas de saúde podem se confundir com a doença de Lyme, certo?

É isso que assusta! – tanto os pacientes como os médicos.

Portanto, se você tiver com sintomas como:

– Irritabilidade

– Depressão

– Náuseas

– Vontade de desmaiar

– Erupção cutânea

– Linfonodos inchados

– Dores na cabeça

– Desconforto muscular

Procure um médico e explique sua preocupação.

 A doença de Lyme foi descoberta em 1975, na comunidade de Old Lyme, EUA.

Na época, depois de grande investigacão, os pesquisadores chegaram à conclusão de que o grande responsável era o carrapato.

doenca_de_lyme

Esse aracnídeo é um verdadeiro vampiro em miniatura!

Ele se agarra à pele e suga o sangue até se saciar.

Não dá para sentir dor, pois a picada tem uma anestesia natural.

Então a vítima não faz ideia de que está sendo atacada.

Durante esse tempo, o carrapato pode liberar a bactéria que fica em seu estômago.

O resto você já deve saber: a bactéria fica no corpo da pessoa, transmitindo a doença Lyme.

Se observar uma área anelar vermelha e branca em sua pele, é bom investigar, pois esta é a marca que o carrapato deixa quando suga o sangue.

Esta é a causa mais comum.

No entanto, muitas pessoas que contraem esta doença não se lembram de ter sido picadas por um carrapato.

É possível, contudo, que a doença seja transmitida por outros insetos, como aranha, pulga e piolho.

Então é bom tomar cuidado.

Infelizmente, também é possível que a mãe passe a doença para o bebê ainda no útero.

Por fim, há algumas especulações sobre a possibilidade de transmissão sexual, mas não foi comprovada.

A área de maior incidência da doença de Lyme é na Ásia, Europa e Estados Unidos

Infelizmente, a doença está se espalhando pelo mundo e já houve registros de casos no Brasil.

O motivo pode ser desde a mudança climática até a globalização, que facilita o transporte das bactérias de um canto para outro.

A boa notícia, se é que podemos encontrar, é que nem todas as picadas de carrapatos desencadeiam a doença de Lyme.

E mesmo sem tratamento, em boa parte das vítimas, os sintomas podem desaparecer por conta própria.

Mas em algumas pessoas a infecção pode se agravar e espalhar para outras partes do corpo.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.